Americano processa ex presidente

Presidente Carlos Abreu, foto: divulgação

Uma dívida de aproximadamente Quarenta e dois mil reais que está inviabilizando a atual administração do Americano, levará o clube a processar o seu ex presidente Cesar Gama, que administrou o alvinegro por 23 anos. Essa dívida não foi relacionada na prestação de contas quando houve a passagem do comando do clube para o sucessor de Gama, Luciano Viana.

O atual presidente, Carlos Abreu, afirmou que essa questão não é a única da “herança maldita” que recebeu. Em entrevista ao Esporte Campos, ele afirmou que há outros casos que configuram improbidade administrativa, e ainda que a dívida que apareceu agora e que bloqueou as contas do clube, trata-se de uma dívida a um particular que acionou o clube na justiça.

Caso Ana Márcia

Uma outra questão que pode tirar o sono dos atuais dirigentes, trata-se de uma ação na justiça movida pela senhora Ana Márcia, ex companheira do então presidente Gama. Na época, ela colaborava com a administração do clube e teria o cargo de dirigente, entretanto após a mudança no comando do clube, ela que deixou suas funções,  ingressou na justiça alegando ser funcionária do Americano.

Por Arnaldo Garcia – Esporte Campos