Bons resultados de São João da Barra no jiu-jitsu

Foto: Divulgação

Competições, no final de semana, aconteceram em Santa Maria Madalena e na cidade do Rio de Janeiro

Atletas apoiados pela Prefeitura de São João da Barra voltaram a obter bons resultados, no último final de semana, em competições realizadas fora do município. As conquistas vieram em diferentes categorias e faixas do jiu-jitsu, nas cidades de Santa Maria Madalena e do Rio de Janeiro.

Em Santa Maria Madalena, 14 integrantes da Academia Superação, de Atafona, e do Centro de Treinamentos Espartanos, que representam em São João da Barra a equipe Top Brother, conquistaram a segunda colocação na 5ª etapa da Liga Centro-Norte Fluminense de Jiu-Jitsu. No desempenho individual, 13 lutadores do município subiram ao pódio.

A última de um total de seis etapas da competição acontece no dia 10 de dezembro, na cidade de Macuco. A equipe de São João da Barra, que está em terceiro na classificação geral, poderá terminar na segunda colocação. Os atletas participam nas categorias Infantil, Adulto e Master.

Já na cidade do Rio de Janeiro, os cinco atletas que representaram São João da Barra, também da equipe Top Brother e da Academia Superação e C.T Espartanos, subiram ao pódio no BJJ Pró Rio, realizado no ginásio do Tijuca Tênis Clube. A competição é da Confederação Brasileira de JIu Jitsu (CBJJ) e da Federação Internacional Jiu-Jitsu Brasileira (IBJJF).

Silas Souza obteve a primeira colocação na categoria Pesadíssimo, faixa azul. Já Carlos José Couto, além da primeira colocação na Master 3, faixa azul, conquistou também a terceira colocação na Absoluto. Outro que obteve a primeira colocação foi Renato Soares, na Master 3, faixa roxa. Tafarel Linhares, na Super Pesado, conquistou o terceiro lugar na faixa marrom e Maycke Nyckson da Silva Ribeiro foi o terceiro colocado na categoria Adulto, faixa branca.

– Para que alcançássemos esses resultados, foi fundamental o apoio da Prefeitura de São João da Barra, por meio do Departamento Esportes. Sem a ajuda de custo concedida, que cobre transporte, alimentação, hospedagem e inscrição, a participação sanjoanense não seria viável nessa e em outras competições, não só de jiu-jitsu, mas nas diferentes modalidades em que os atletas no município vêm se destacando – destacou o lutador Tafarel Linhares.

Fonte: Prefeitura de SJB