Campista Léo Reis garante vitória vascaína na Copa São Paulo

Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco

Não é novidade que a cidade de Campos é um celeiro de talentos para o futebol. E um dos mais recentes prodígios oriundos do futebol campista, o atacante Léo Reis, ex-jogador do Roxinho e atualmente no Vasco da Gama, estreou com gol na sua primeira Copa São Paulo.

O atleta, que disputou competições sub-20 pelo Campos em 2016 e no início de 2017, chamou a atenção do Cruzmaltino e, aos 18 anos, é uma das esperanças de gol na mais famosa competição de base do país. Após o fim da parceria Campos/Carapebus, Léo foi emprestado ao Vasco pela Carapebus, dona dos seus direitos federativos, até junho de 2018.

Na tarde desta terça-feira (2/1), na estreia do Vasco diante do Juventus (SP), Léo entrou no segundo tempo e marcou, dando a vitória ao time do treinador Marcus Alexandre por 2 a 0 no Estádio Municipal José Batista Pereira Fernandes, em Diadema (SP). Aos 43 minutos, Marrony avançou pela ponta esquerda, entrou na área e cruzou para Léo, que completou de carrinho.

Apesar da boa estreia, Léo Reis não vai ter vida fácil. Isso porque terá de substituir dois atletas destaque da base vascaína, promovidos ao elenco profissional por Zé Ricardo. Trata-se de Paulinho e Paulo Victor. E ele sabe de sua responsabilidade:

 – O Paulinho e o Paulo Vitor são dois grandes jogadores e já estão consagrados aqui na base do Vasco. Vou ter minha oportunidade agora em 2018 e vou procurar repetir tudo que eles fizeram, quem sabe até fazer mais, ir além, conquistando os títulos da Copa São Paulo e da Copa do Brasil. Posso garantir que não vai faltar entrega, até porque sou um atacante de força e que sempre procura ir para cima dos zagueiros.

Líder do Grupo 26, o Vasco pode garantir a classificação para a próxima fase na próxima rodada, caso vença o Espírito Santo (ES). Além do Juventus da Moca e do Espírito Santo, o Água Santa, time da casa, também integra a chave. Campeão da Copinha em 1992, diante do São Paulo, o Gigante da Colina busca o bicampeonato.

Por: Gabriel Torres