Dartagnan fala sobre o elenco, obras do estádio e projetos do Goytacaz

Dartagnan Fernandes na sala de troféus do Goytacaz. Foto: André Capão

Conforme divulgamos na terça-feira (21), estamos publicando a segunda parte da entrevista com o presidente do Goytacaz, Dartagnan Fernandes. Nessa segunda parte falamos sobre o elenco, obras que o clube está realizando no estádio para disputa da seletiva do Campeonato Carioca 2018 e sobre os projetos do clube.

Dartagnan foi direto em todas as respostas e explicou com detalhes todos os pontos abordados na entrevista. O torcedor do Goytacaz já pode ficar bem animado , porque tem muita novidade vindo por ai em 2018, confiram a segunda parte desse entrevista com o presidente do clube de maior torcida de Campos e região.

 

Em caso de eliminação na Seletiva, o que acontece com o elenco, eles permanecem para a disputa da Copa Rio e o OPG?

 Dartagnan – A primeira fase do campeonato tem seis equipes, classificam-se duas para se juntar aos dez para disputar a segunda fase e as outras quatro formam um grupo X, para ver quem permanece na primeira divisão e quem desce para a segunda, o Goytacaz já tem esse calendário formalizado, tanto passando para segunda fase, quanto ficando no grupo X, os contratos que estão sendo feitos, na realidade é para o prosseguimento da segunda fase ou do grupo X. Naturalmente quando terminar todas essas fases nós iremos repensar no elenco para a Copa Rio e também para o OPG.

 

Independente das obras, o que o Goytacaz pretende fazer para ter os grandes clubes jogando no Aryzão?

Dartagnan – Nós demos prioridade ao Gramado, que era a maior necessidade, nenhum grande clube jamais iria vir jogar com o gramado naquelas condições, então trocamos o gramado e isso é importante dizer, porque facilita essa vinda dos grandes clubes, independente de qualquer coisa, temos que fazer ainda uma reforma na arquibancada que dá costas para a Rua Ten. Cel. Cardoso, e com isso aumentar a capacidade do estádio e dar maior acomodação para todos os torcedores.

 

E essa obra nas arquibancadas será feita para seletiva ou só em casa acesso a fase grupo?

Dartagnan – Pretendemos iniciar as obras já na primeira quinzena de dezembro, consequentemente vamos fazer também uma reforma nas cabines de rádio e televisão, porque na primeira e segunda fases do campeonato vem emissoras de grande porte e de cunho Nacional, então é importante que eles estejam bem acomodados. Outra situação necessária e que já iremos iniciar na próxima semana, é a reforma do vestiário dos visitantes, estamos dando uma geral nesse vestiário, para que as equipes se sintam confortáveis aqui no nosso estádio. Vamos criar também, lá do outro lado da arquibancada, onde tem o nosso placar eletrônico, um local específico para as delegações dos visitantes, vamos colocar 20 cadeiras com cobertura, separadas da arquibancada, para evitar que as delegações e dirigentes dos nossos visitantes fiquem em nossa Tribuna de Honra, evitando algum constrangimento com o nosso torcedor e dando condição dos nossos visitantes ficarem em um local apropriado.

 

Em termos de captação de recursos o clube já tem todo o aporte necessário para jogar a seletiva e possivelmente a fase de grupos?

Dartagnan – Ainda não, nós estamos fazendo alguns contratos, que são de patrocinadores que vem colocando no uniforme do clube, já temos quatro patrocinadores, mas ainda faltam dois para finalizar os seus contratos. Essa captação de recursos ainda não é suficiente para manter o elenco que está sendo contratado, evidentemente, para a seletiva ou para a segunda fase, a gente tem de contar o torcedor na cidade, que é um carro chefe muito promissor, que nos ajuda muito quando vem e paga o ingresso, a renda nos ajuda bastante, então nós estamos contando com as rendas dos nossos jogos para fazer esse complemento do recurso necessário para manter a equipe.

 

Quando você assumiu, o Goytacaz tinha muitas dívidas, é fato que o Goytacaz está na contra mão dos outros clubes e pagando essas dívidas?

 Dartagnan – Veja bem, o passivo do Goytacaz quando assumi aqui em 2015 era muito grande e é ainda, nós estamos reestruturando toda essa situação financeira do clube para que possamos começar a quitar todo esse passivo deixado por outras gestões, então nós estamos nos organizando nesse sentido para que, assim que começar a sobrar algum tipo de recurso oriundo da visibilidade que o grupo está tendo, nós vamos começar a quitar as dívidas, o Goytacaz é um clube bastante viável, fui eleito esse ano para um novo mandato mais de 4 anos, que vai até 2022, quero sair daqui do Goytacaz com suas dividas todas sanadas, para isso nós precisamos ter hegemonia nos campeonatos a ser disputados, pois os campeonatos nos ajudam muito com relação à captação de recursos por causa visibilidade. Esse é um grande projeto da gente tentar equalizar tudo isso da maneira mais sensata possível e pagar nossas dívidas.

 

Como está o programa Sócio Torcedor do clube?

Dartagnan – Tivemos uma reunião com a Trivella Investimentos e estamos formalizando um plano do sócio torcedor, um plano que vá de encontro a necessidade do clube e também fazer com que o torcedor possa pagar e ter benefícios, não adianta você fazer um plano sem ter muita coisa a oferecer, então o Goytacaz primeiro está montando todo esse plano. Estamos fazendo um plano em que o torcedor poderá, através do seu cartão, ter descontos nas redes farmácia, supermercados, oficinas, postos de combustíveis e outras empresas de bens e consumo que serão credenciadas, então a gente está montando primeiro toda essa infraestrutura para que com o cartão do sócio torcedor, ele tenha uma mensalidade bem acessível e o aproveitamento com outros benefícios, isso deve ser lançamento nos próximos 40 ou 45 dias.

 

Existe algum projeto do Goytacaz fora do Futebol?

Dartagnan – Estamos reestruturando toda a diretoria e vamos tomar posse do novo mandato em janeiro, já estamos criando a equipe de Fut 7 e estamos analisando a possibilidade de jogar o Campeonato Estadual, estamos analisando profundamente os esportes paraolímpicos, dentro de um projeto junto com Ministério dos Esportes, mandamos algumas propostas para que o Goytacaz obtenha algum tipo de verba para manter, porque é muito difícil manter o clube simplesmente com a verba do patrocinador. Nós temos o receio de criar novas modalidades e não dar continuidade nesses projetos, seria uma irresponsabilidade e frustrante também para a diretoria, então primeiro temos de estruturar tudo isso e consequentemente buscar verbas oriundas de outras situações para que a gente monte as equipes necessárias e disputar os campeonatos de outras modalidades. Primeiro de tudo a gente tem que cumprir com nossos compromissos, através dos nossos patrocinadores, através da nossa arrecadação e buscar equalizar o nosso passivo existente no clube.