Goyta joga chances de classificação contra Cabofriense no Aryzão

Foto: Carlos Grevi

Uma partida super valorizada contra a Cabofriense, um adversário que vem de um bom resultado e, mais que isso, reconhecidamente um dos melhores elencos desta Fase Preliminar do Campeonato Estadual. Sabedor de tudo isso, o Goytacaz será uma equipe consciente no jogo desta quinta-feira, sabe também da sua responsabilidade diante de um grande adversário e paralelamente buscando apagar a péssima imagem da estreia, quando foi derrotado pelo Macaé.

O treinador Paulo Henrique, em dúvida com relação a montagem da equipe, até pensou em fazer mudanças radicais, alterando a estrutura da equipe com as saídas do zagueiro Edson e do volante João Victor, entretanto no segundo treino os titulares desde a Serie B1 foram mantidos. Mas, o Alvinil apresentará mudanças nesta partida, com a entrada de Canhoto, que ganhou condições legais, no lugar de Gabriel. Anderson Oliveira também deverá ceder vaga a Rodriguinho. O fato é que a necessidade do resultado positivo e até mesmo a falta de opções fazem com que as mudanças não sejam radicais.

Preocupada com a falta de recursos, em função da penhora da importância de R$350 mil, por parte da quarta Vara Trabalhista, junto a TV Globo e à Federação de Futebol do Rio, a diretoria está apelando aos torcedores para que compareçam ao estádio, para prestigiar a equipe e com isso apure-se uma boa soma para que sejam quitados alguns débitos com.os atletas. O ingresso está sendo vendido aos preços de R$30,00(inteira) e R$15,00(meia).

O técnico Paulo Henrique fez questão de convocar a torcida para comparecer em peso no Aryzão e empurrar o time em busca da primeira vitória.

– Quero aqui convocar a torcida. O time precisa muito de seus torcedores nessa estreia em casa. Eles são e sempre serão o nosso 12° jogador. Podem ficar tranquilos que a nossa equipe vai ser outra nesta quinta-feira. Vamos entrar em campo com a mesma garra e a mesma disposição que disputamos a Série B1 e fomos campeões. Vamos jogar um futebol bonito. O que aconteceu em Macaé não vai mais se repetir, disse Paulo Henrique.

Foto: Carlos Grevi

Súmula:

Goytacaz x Cabofriense

Local : Estádio Ary de Oliveira e Souza – 20:30h.

Goytacaz : Paulo Henrique; Tenente, Cleiton, Edson e Almir; Jefinho, João Victor, Galhardo e Canhoto; Rodriguinho e Marcio Carioca; Técnico: Paulo Henrique

Cabofriense: George, Wellington, Victor Silva, Leandro Eusébio e Airton; Levi, Bruno Tubarão, Kaká Mendes e Davi Ceará; João Carlos e Abner. Técnico; Antonio Carlos Roy

Arbitragem: Carlos Eduardo Nunes Braga

Auxiliares: Eduardo de Souza Couto e Gabriel Conti Viana

AAA1: Tarciso Pinheiro Caetano

AAA2: Wellington Mendonça de Mello

Por Arnaldo Garcia – Esporte Campos